Sandro Pimentel não receberá 13º e férias até que pagamento dos servidores seja regularizado

Direitos Humanos | mar 26 | 2019 | No Comment

O deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) protocolou na tarde desta segunda, 25,  junto à Presidência da Assembleia Legislativa, memorando no qual formaliza a decisão de não receber nenhum valor dos benefícios aprovados até que os salários dos servidores estaduais estejam regularizados.

Vale lembrar que, desde que o assunto surgiu na Assembleia, essa foi a posição pública do parlamentar. Mesmo sabendo que não há irregularidade ou ilegalidade alguma no pagamento do 13º, já autorizado pelo Supremo Tribunal Federal,  o deputado avalia a postura do parlamento como inapropriada tendo em vista a grave crise econômica que atravessa o estado. Por considerar que  os salários dos servidores ainda estão em atraso e que deputados não tiram férias, apenas têm direito ao recesso parlamentar, Sandro decidiu se abster da votação e foi o único parlamentar que não se posicionou favoravelmente a matéria quando essa foi debatida em plenário.

Sandro Pimentel se posiciona sempre contra todo o tipo de privilégio e, por isso, não concordaria com a concessão de benefícios aos deputados enquanto há trabalhadores do serviço público sem receber de forma regular.

Confira na imagem, o memorando protocolado na Presidência da

 

Tags , ,